Granjas catarinenses vão implantar usinas solares

Convênio entre o Banco do Brasil e a BRF, empresa para a qual os produtores de frango operam, vai viabilizar os projetos.

Produtores de frango de Santa Catarina, que operam de forma integrada como fornecedores do grupo alimentício BRF, vão instalar sistemas solares e implantar projetos de adequação ambiental em suas granjas. As ações serão financiadas por convênio assinado entre a BRF e o Banco do Brasil e envolve crédito de R$ 200 milhões para os projetos de eficiência energética.

O convênio faz parte da estratégia de longo prazo da BRF de ampliar em 50% a autoprodução de energia com fontes limpas nos próximos dez anos.  Da mesma forma, a participação do Banco do Brasil tem a ver com meta da instituição financeira de direcionar o volume de R$ 15 bilhões de saldo de carteira em financiamentos de eficiência energética até 2025

Os primeiros contratos assinados envolvem, por exemplo, a granja Linha Roça Grande, em Luzerna, município do meio-oeste catarinense, que tem quatro aviários climatizados para produção de frango de corte e de postura (ovos) com 150 metros por 16 metros cada. A intenção é colocar os painéis no terreno da granja. Já na granja Linha Tiradentes, em Concórdia, com capacidade de alojamento para 144 mil aves, o sistema fotovoltaico fornecerá energia a quatro aviários climatizados e à casa da granja.

Fonte: Arandanet

Acesse a nosso site https://www.cineshop.com.br/departamentos/HOMOLOGACAO-GRATIS/?sort=priceasc